Tuesday, April 26, 2005

Nutrição Relacionada ao Diagnóstico

Este manual complementar de terapaias de nutrição médica, para inumeras patologias como exemplo a Diabetes(pags 355-373).

- ESCOTT-STUMP,Sylvia - Nutrição Relacionada ao diagnóstico e Tratamento.Nova Forma Artes Gráficas Ltda, 4ºEdição, 1999- ISBN 85-204-0760-9

Tuesday, April 19, 2005

Estudos in Pubmed

O presente estudo evidencia a relação directa de problemas vasculares e de níveis elevados de arteriosclerose antes do diagnóstico clínico da diabetes.


Estudo desenvolvido in Pubmed, revela a importância do consumo de antioxidantes através dos nutrientes, vitaminas e minerais na prevenção das complicações da diabetes.

Descobertas de Saúde

Alzheimer
A diabetes de tipo 2 aumenta em 65 por cento o risco de contrair doença de Alzheimer, indica um estudo divulgado nos Estados Unidos. A diabetes de tipo 2 que se caracteriza por insuficiência da secreção de insulina, afecta cerca de 20 por cento da população de mais de 65 anos. O próximo passo para os investigadores é descobrir exactamente como é que a diabetes pode conduzir à doença de Alzheimer. Alguns cientistas teorizaram que a diabetes pode causar excesso de glicose no cérebro, o que pode danificar as células cerebrais.

Células sanguíneas
Células sanguíneas imunitárias transformadas em células hepáticas e pancreáticas . Uma experiência realizada recentemente por um grupo de cientistas espanhóis em colaboração com especialistas alemães conseguiu inibir a diabetes, o que poderá representar a descoberta de uma forma de curar a doença. Os resultados desta investigação «sugerem que as estratégias que temos aprendido com as células embrionárias poderão ser úteis para diferenciar células adultas», indicou o cientista.

Relação entre barriga e diabetes
Descoberta põe em causa relação entre barriga e diabetes. A gordura abdominal, cuja acumulação pode perturbar o metabolismo, produz uma hormona que actua como a insulina, que controla o nível de açúcar no sangue, indica um estudo, feito em ratinhos, divulgado nos Estados Unidos. A descoberta, feita por cientistas japoneses, é surpreendente porque é comummente aceite que, pelo contrário, o excesso de gordura abdominal aumenta os riscos de diabetes, condição clínica em que os doentes não produzem insulina em quantidade suficiente para controlar os níveis de açúcar no sangue. A hormona em causa, a visfatina, anteriormente descrita como uma proteína do sistema imunitário, fez baixar o nível de glicose no sangue de ratinhos de laboratório.


Lentes
A vida dos pacientes de diabetes está cada vez mais facilitada. Investigadores da Universidade de Pittsburgh têm vido a desenvolver uma inovadora lente de contacto, destinada a verificar a quantidade de glicose no corpo do utilizador.
Sanford Asher, professor de química da Universidade de Pittsburgh, que desenvolveu um sensor capaz de detectar glicose nas lágrimas dos seres humanos. A companhia CIBA Vision está elaborar uma lente de contacto de uso diário que poderá detectar os níveis de açúcar no sangue dos pacientes.

Sunday, April 17, 2005

Alimentos Benéficos

Sociedade Portuguesa de Ciências da Nutrição e Alimentação
NOZES
Uma porção semanal de frutos secos ajuda a ter uma vida saudável. Segundo um estudo de Harvard, o creme de amendoim pode apresentar um risco menor de desenvolver diabetes tipo 2. Esta investigação, contudo, sugere que as gorduras insaturadas encontradas nessa fruta seca poderiam aumentar a capacidade do corpo utilizar insulina e regular o nível de açúcar no sangue. O uso regular de nozes pode ser recomendado como substituto para produtos de grãos refinados ou carne vermelha e processada», concluiu a equipa de Rui Jiang, da Harvard School of Public Health, em Boston.

CANELA
Estudo avalia propriedades da canela. É uma especiaria muito conhecida e usada na culinária, especialmente na doçaria, mas também apresenta ter propriedades capazes de prevenir e combater a diabetes tipo 2.
Uma equipa de investigadores norte-americanos identificou um componente que desempenha o papel de substituto da insulina e pode potencializar a actividade desta substância no organismo. Segundo Don Grave, investigador da Universidade da Califórnia em Santa Barbara, o componente bio activo da canela tem um enorme potencial para prevenir e tratar a diabetes.

MANGA
Segundo um estudo recente, a farinha de manga ajuda a controlar a diabetes.Uma dieta composta por cinco gramas diárias de farinha de manga, aplicada em ratinhos durante três meses, culminou numa redução de 66 por cento dos índices de glicemia. A conclusão é de um estudo realizado pela investigadora brasileira Jocelem Salgado da Universidade de São Paulo, e publicado na revista Plant Foods for Human Nutrition.

ALCOOL
Uma equipa de investigadores holandeses concluiu que o consumo moderado de álcool pode reduzir o risco de desenvolver diabetes tipo 2. Segundo um artigo publicado na revista Diabetes Care, a redução do risco só está associado ao consumo estritamente moderado de álcool, quando consumido em mas em pequenas doses.

CAFÉ
A ingestão de mais café pode reduzir o risco de desenvolver a forma mais comum da diabetes, conclui um estudo divulgado nos Estados Unidos.
Em comparação bebedores com não bebedores de café, que bebem mais de seis canecas de café com cafeína por dia reduzem em cerca de metade o risco de contraírem diabetes de tipo 2, enquanto que as mulheres baixam esse risco em 30 por cento, segundo o estudo, publicado pela revista Annals of Internal Medicine. Os investigadores concluíram que o café contém potássio, magnésio e anti-oxidantes que podem contrariar esses efeitos negativos e melhorar a resposta do corpo à insulina.

Thursday, April 14, 2005

Caracteristicas da alimentação

A alimentação de um individuo com diabetes apoia-se numa dieta equilibrada e saudável com características importantes e que a distinguem da alimentação dos indivíduos não diabéticos.
Independentemente de ter diabetes tipo 1ou tipo 2, o nível de glucose no sangue (glicemia) depende de quanto se come e quando come. Ao manter-se o nível de glucose adequado podemos retardar complicações da diabetes.
- Fraccionamento alimentar, com uma distribuição regular dos hidratos de carbono por 4-6 refeições diárias, com o objectivo de evitar as subidas dos níveis da glucose no sangue após as refeições e o risco de hipoglicémias entre as refeições.

De uma forma simples são transmitidas as orientações para uma alimentação saudável
- Completa - comer alimentos de cada grupo e beber água diariamente;
- Equilibrada - comer maior quantidade de alimentos pertencentes aos grupos de maior dimensão e menor quantidade dos que se encontram nos grupos de menor dimensão, de forma a ingerir o número de porções recomendado;.
- Variada - comer alimentos diferentes dentro de cada grupo variando diariamente, semanalmente e nas diferentes épocas do ano.

Importância da ingestão de fibra

Estudo elaborado in Proquest relata a importância da ingestão de fibras no controle da diabetes. A fibra diz Kathy Niness, do marketing e das vendas, Orafti, Malvern, vêem a fibra como uma maneira eficaz de reduzir naturalmente níveis do hidrato de carbono nos alimentos.
A redução de hidratos de carbono, a as dietas com níveis baixos de glicemias, revelam interesse pela eficácia no açúcar no sangue.

De acordo com estudo realizado o índice glicémico sofre variações após as refeições. Os alimentos com um índice elevado de açúcar rapidamente são digeridos e absorvidos como resultado surgem grandes variações nos níveis de açúcar de sangue. Mas alimentos com um baixo índice glicémico, pelo metabolismo da sua digestão e absorção lenta, tal como a fibra provocam ascensões graduais do produto no açúcar de sangue e níveis de insulina.

Dieta na Diabetes

Sendo a diabetes um problema mundial in Proquest, que afecta todas as raças é importante a seu controle através de uma adequada alimentação.

A importância da boa nutrição não é nova. Quatrocentos anos antes de Cristo Hipócrates disse: "Deixe o alimento ser sua medicina...". Hoje em dia a boa nutrição é mais importante que nunca. Pelo menos 4 das 10 causas de morte mais comuns nos Estados Unidos - doença cardíaca, câncer, diabete e acidentes vasculares cerebrais - estão diretamente relacionados ao que comemos. Enquanto a dieta errada pode ser mortal, alimentar-se corretamente é um dos pilares da boa saúde.

A dieta na diabetes corresponde essencialmente a uma alimentação equilibrada, o pilar sobre o qual assenta qualquer tratamento consiste na manutenção de uma dieta adequada esta deve cobrir as necessidades calóricas e nutritivas do doente.
A quantidade de calorias necessárias depende do sexo, idade, profissão e hábitos de vida, podendo-se recorrer sempre a diversidade da piramede dos alimentos.

.

Actualmente a obesidade é cada vez mais frequente pois recore-se á alimentação fast-food,em vez da dieta mediterrânea, recorre-se também á alimentação biológica e dieta vegetariana.

Obesidade na diabetes

A referir importância da prevenção da obesidade na prevenção da diabetes, apesar do recurso à cirurgia utilizada para tratamento da obesidade.
É necesário um controle de peso regular, para contrariar esta tendência.Realize estas perguntas para testar os seus conhecimentos.

Obesidade Infantil

Actualmente a obesidade é cada vez mais frequente principalmente nas crianças.

Segundo um estudo elaborado a obesidade infantil contribui para o aumento súbito da Diabetes tipo 2.

Diabetes na criança


Para a qualquer criança independentemente do pais a Diabetes é assustadora.

Através de uma educação apropriada, do ensino de administração de insulina e o equipamento podem auto medicar-se.
Deve-se ajudar as crianças para que estas tenham um futuro risonho, pois nem todos os países, como aqueles menos desenvolvidos não têm condições e meios necessários, onde se desenvolvem programas, para resolver estas dificuldades.

Saturday, April 02, 2005

Novidades no tratamento

Diabéticos insulino-dependentes têm a vida mais facilitada, bombas infusoras de insulina chegam a Portugal através da Roche Diagnostics.
As pessoas com diabetes que necessitam de insulina têm finalmente disponíveis em Portugal as bombas infusoras de insulina. Estes dispositivos, do tamanho de um telemóvel, permitem administrar insulina ao longo das 24 horas do dia através de um catéter colocado na pele, imitando o que acontece normalmente no indivíduo não diabético.
Se compararmos os resultados clínicos entre indivíduos que adoptam o esquema clássico de injecções múltiplas de insulina com outros que adoptam o esquema de infusão contínua (com bomba), como no estudo da Diabetes Care, 23 (2000), verificamos que estes conseguem um melhor controlo e estabilidade dos níveis de glicemia (açúcar no sangue), diminuindo drasticamente as hipoglicemias (níveis baixos de açúcar no sangue), o que permite evitar as complicações tardias da diabetes ao nível da visão, rim e coração.
A inexistência, até à data, destes sistemas no nosso país levou-nos a um atraso de mais de 20 anos em relação à maioria dos países europeus onde já estavam a ser utilizados.

O primeiro teste farmacogenómico para aplicação diagnóstico in vitro
A Roche está a lançar na Europa (marcação CE) o primeiro teste farmacogenómico do mundo para aplicação diagnóstico in vitro ( IVD) – Amplichip CYP 450, que analisa variações em dois genes que desempenham um papel fundamental no metabolismo de uma larga variedade de medicamentos.
Os resultados podem ser usados pelos clínicos, como uma ajuda na selecção dos medicamentos e individualização das doses para as drogas metabolizadas primariamente pelas enzimas que estes genes codificam.

Flagelo Mundial

Como podemos verificar através de dados dados mundiais da diabetes por continente através de um estudo, é mais frequente em paises industrializados.

A cada minuto morrem em média no mundo seis pessoas com problemas associados a diabetes, ascendendo o número total de mortes por ano a mais de 3,2 milhões, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). No lançamento de um novo programa sobre a diabetes, responsáveis da OMS em Genebra confirmaram esta semana que os valores são três vezes mais elevados do que o que se pensava, sendo a situação especialmente grave em países em desenvolvimento.

Pode-se constar este um flagelo, através da prevalência da diabetes segundo um estudo elaborado em 212 paises.


Atinge ambos os sexos, de acordo com um estudo elaborado tendo por base a (ITG) constatou-se que 2003 havia cerca de 314 milhões e 2005 aumentou para 472 milhões de pessoas. A idade com uma distribuição mais significativa, representada pela faixa etária 40-59 milhões, havia uma predominância do sexo feminino.

Diabetes

Diabetes Mellitus é uma doença crónica muito frequente nos países industrializados, que atinge ambos os sexos e todas as raças, aumentando a sua frequência com a idade, em Portugal, dados revelam que existem entre 400 a 500 mil diabéticos.

Podemos considerar vários Tipos os mais frequentes são Diabetes Tipo 1 e Tipo 2 , podendo-se considerar também a Diabetes Gestacional que ocorre durante a gravidez e outros tipos.
Esta patologia é caracterizada por uma diminuição da secreção pancreática da insulina e/ou resistência à acção da mesma. Estas alterações provocam não só, um aumento da glucose no sangue (hiperglicemia) mas também distúrbios do metabolismo das gorduras e das proteinas que são a base de toda a nossa alimentação.

Caracterizada por apresentar vários sinais e sintomas:
• Muita sede, vontade de urinar diversas vezes, perda de peso, excesso de fome; fadiga (cansaço inexplicável);
Apresenta vários factores de risco.

Durante a evolução desta doença, ocorrem frequentemente complicações crónicas, microvasculares, (atingindo os pequenos vasos da retina, do rim e do sistema nervoso) e macrovasculares (atingindo as artérias coronárias, cerebrais e dos membros inferiores e complicações agudas tais como a cetoacidose diabética, e a hipoglicemia. Devido as inúmeras complicações surgem dúvidas e receios.

Thursday, March 24, 2005

Enfermagem em Diabetes

Ser Enfermeiro è ser antes de tudo solidário ao próximo constantemente, mesmo sem conhece-lo. o Enfermeiro mantem a vida, diminui o sofrimento, transmite carinho até com pequenos gestos, sempre promovendo saúde, conforto e contentamento.

Elaborei este weblog no âmbito da disciplina de Sistemas de Informação para a Saúde, com a criação do Outro Espaço..
A escolha do tema prende-se com o facto de ser enfermeira, e esta profissão cada vez mais dinâmica em que a sua prática está em constante evolução, pelo facto de na minha profissão lidar com doentes em que são na sua grande maioria diabéticos, oriundos do distrito da Guarda.

A enfermagem é uma profissão dinâmica e a sua prática está em constante evolução.
Cada vez são maiores e mais complexos os desafios com que os enfermeiros são confrontados, sendo cada vez mais exigidas melhores capacidades e conhecimentos técnico- científicos na execução profissional.Em 1998 foi elaborado, pela DGS com o apoio cientifico da SPD, um dossier “Programa de Controlo da Diabetes Mellitus” em que referencia áreas importantes de intervenção dos enfermeiros, bem como, algumas competências profissionais. Assim, o enfermeiro como elemento integrante de uma equipa multidisciplinar terá de planear/ programar, executar e avaliar, cuidados individualizados/ adaptados ao diabético, tendo em vista os objectivos terapêuticos que se pretende atingir.

Wednesday, March 09, 2005

Enfermagem

E digo-vos que a vida é de facto obscuridade
Excepto onde há arrebatamento,
E todo o arrebatamento é cego excepto onde há saber,
E todo o saber é vão excepto onde há trabalho
E todo o trabalho é vazio excepto onde há amor.

E o que é trabalhar com amor?
É pôr em todas as coisas que fazeis
um sopro do vosso espirito.
Khalil Gibran